Categorias
Escolas e Colégios Gestão Acadêmica

Ensino remoto: qual a melhor estratégia?

Você já começou o processo de adaptação da sua Instituição de Ensino para o ensino remoto? Já pensou em qual a melhor estratégia para começar o ano captando novos alunos?

Existem algumas metodologias à distância bem interessantes e com um processo simples e sem alto custo para a instituição de ensino. Mas é preciso estar atento para todos os detalhes, sejam tanto como normas do MEC, como também o impacto de seus alunos ao adotar uma nova metodologia.

Conheça as vantagens de ofertar ensino remoto e qual a melhor forma de aplicar a estratégia para a sua Instituição de Ensino, seja ela básico, superior, cursos técnicos, entre outros.

ensino remoto

Como se preparar para o ensino remoto?

Pensando na situação atual do nosso país e do mundo quanto a pandemia, sua instituição já montou um ambiente virtual de aprendizagem para atender a alunos que estão dentro do grupo de risco do covid-19, ou então para alunos ou pais/responsáveis que optarem por continuar o ensino remoto?

Opte por recursos como vídeo-aulas, fóruns de discussão, apresentações e e-books, para que as aulas continuem acontecendo, caso o seu objetivo para o próximo ano seja continuar com o ensino presencial.

Existem algumas metodologias bem interessantes para o Ensino a Distância que a sua instituição pode adaptar para melhor comodidade dos alunos a curto e longo prazo.

Metodologias de Ensino a Distância

O ensino a distância pode acontecer somente online, porém também pode ser mesclada com o ensino presencial. As principais metodologias EAD mais utilizados na área da educação são: EAD, Ensino Híbrido e Sala de aula invertida.

 

  • EAD

Com o EAD a maior parte do curso acontece online, em um ambiente virtual de aprendizado (AVA). E nesse ambiente de aula o aluno assiste as aulas em vídeo, acessa textos e e-book, realiza os exercícios propostos pelos professores.

Nessa metodologia, é possível configurar o ambiente para que o aluno possa comentar em fóruns de discussão, chats e videoconferências que possibilitam a interação com professores, tutores e outros alunos.

Por ser uma metodologia praticamente online, também é possível conciliar com algumas atividades presenciais, como reuniões periódicas ou práticas de laboratório, provas presenciais, e a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

E pensando na comodidade dos alunos, o EAD é ideal para quem precisa conciliar trabalho com estudos, que procura horários flexíveis para estudar.

 

  • Ensino Híbrido

No ensino híbrido é possível combinar o uso da tecnologia digital com interações presenciais, visando à personalização do ensino.

A ideia do modelo híbrido é que educadores e estudantes possam estudar e aprender em tempos e locais diferentes. Parecido com o EAD, onde o ensino presencial se mistura com o ensino remoto, e em alguns casos algumas disciplinas são ministradas presencialmente e outras remotamente.

A implantação dessa metodologia pode levar um tempo, pois é necessário pensar em mudanças de vários níveis, desde infraestrutura educacional, formação de professores, práticas em sala de aula, etc.

O ensino híbrido busca o desenvolvimento da autonomia dos alunos para que possam trabalhar em grupos e compartilharem conhecimentos, utilizando tecnologia digital como aliada nesse processo.

 

  • Sala de aula Invertida

Essa metodologia é considerada uma grande inovação no processo de aprendizagem. O método de ensino é através da lógica da organização de uma sala de aula invertida por completo. Além dos alunos consumirem conteúdo através do ensino online, os mesmos utilizam a sala de aula presencial para fazer exercícios, provas e trabalhos em equipe.

O aluno absorve o conteúdo através do meio virtual e ao chegar na sala de aula presencial já está ciente do assunto a ser desenvolvido naquele momento. Dessa forma a sala de aula se torna um local de interação do professor com o aluno para sanar dúvidas e construir atividades em equipe.

Os alunos que antes absorviam todo o conhecimento apenas dentro da sala de aula, passa a realizar essa ação dentro de casa ou em qualquer lugar que tenha acesso a internet, e só posteriormente executam esse conhecimento dentro de sala de aula.

Na educação superior esse modelo começa a ser muito popular. Devido à forma como propõe uma reorganização da instrução aluno a aluno, bem como gerencia de forma mais eficiente o tempo dentro de sala de aula.

No ponto de vista do aluno, a vantagem desse meio de aprendizado é que ele se torna um agente mais ativo e responsável. Ao estudar previamente o tema proposto, o aluno se organiza melhor, controla seu tempo e tem autonomia para seguir o seu ritmo.

 

Qual a melhor metodologia para a sua instituição?

Esse é o momento de definir uma estratégia para essa nova realidade, organização e preparação da sua instituição e funcionários para um novo calendário acadêmico, e uma nova forma de atender aos seus alunos.

Organize sua gestão financeira para adaptar a instituição na metodologia que melhor se encaixa em sua forma de ensino, e então mantenha um fluxo de captação e retenção de alunos para o restante do ano.

E ai gostou? Comente como você aplicou as metodologias EAD em sua instituição, e se você ainda não possui um ERP capaz de otimizar a área acadêmica conheça a SWA Sistemas, agende sua demonstração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *